Loading...

Déficit de tecnologia afeta 76% das empresas, segundo estudo da Avanade

Para brasileiros, as preocupações com segurança (48%) ainda são um dos maiores empecilhos para as empresas reagirem às demandas do mercado com agilidade

São Paulo/Brasil, 27 de fevereiro de 2020

O aumento do déficit tecnológico, os baixos níveis de maturidade de nuvem e a falta de habilidades internas estão sufocando a competitividade global, a inovação e velocidade de entrada no mercado, de acordo com estudo da Avanade, líder de inovação digital no ecossistema da Microsoft. A nova pesquisa da consultoria mostra que empresas podem ganhar US$1 bilhão a mais por ano em receita e reduzir custos operacionais em mais de 11% ao adotar uma abordagem holística de tecnologia em nuvem, aplicativos e técnicas modernas de engenharia – o que a Avanade chama de ser ‘Ready by Design’.

A pesquisa, realizada com mais de 1600 executivos C-level, revela que apenas 12% dos entrevistados descrevem a capacidade de sua nuvem como otimizada e 45% diz que suas nuvens ainda estão no nível ‘inicial’ ou ‘oportunista’ de sua jornada. Apenas 27% acredita que sua estratégia de nuvem estará completamente otimizada em 2023. O déficit tecnológico, os custos e desafios de manter e integrar a tecnologia legada estão entre os custos que podem aumentar de acordo com os entrevistados, de 17% a 19%. Aproximadamente três quartos dos líderes de empresas dizem que essa drenagem nos orçamentos e preocupações de segurança associadas às plataformas herdadas está afetando a velocidade de entrada no mercado (76%), inovação (74%), e suas habilidades de manutenção uma equipe técnica (74%).

Mercado brasileiro
Se tratando do mercado brasileiro, 80% dos respondentes concordam que as abordagens, estratégias e técnicas que fizeram organizações bem-sucedidas no passado agora as estão fazendo as empresas perderem competitividade quando comparadas com as nativas digitais, o que mostra que os empresários já estão cientes de que a mudança é necessária. Os brasileiros também concordam que organizações que podem responder rapidamente às mudanças do mercado serão aquelas que prosperaram em comparação com a concorrência (90%). “Esses dados mostram como o brasileiro está antenado quanto as movimentações do mercado, porém precisamos colocar em prática a inovação e o pensamento criativo o quanto antes”, diz Marcelo Serigo, Líder de Inovação para Growth Markets da Avanade.

A pesquisa ainda mostra que, para os brasileiros, as preocupações com segurança (48%) ainda são um dos maiores empecilhos para as empresas reagirem as demandas do mercado com agilidade. De acordo com 42% dos entrevistados o déficit tecnológico também é um dos responsáveis.

A solução pode estar na Nuvem
“Sabemos que a disrupção digital está impactando amplamente todos os setores e representa uma ameaça muito real, mesmo para negócios bem estabelecidos”, diz Adam Wengert, Líder Global de Aplicativos e Infraestrutura da Avanade. “A maturidade de nuvem está criando um cenário de negócios de duas camadas com retardatários digitais se encontrando estagnados enquanto seus concorrentes nativos digitais estão avançando. O ponto de diferenciação vem da capacidade dos nativos de se orientar para as oportunidades e se afastarem de ameaças em dias, não meses e anos, graças à sua arquitetura baseada em nuvem. ”

Uma das principais causas do déficit, de acordo com a pesquisa, é que apenas um quinto dos aplicativos foi reconstruído para a nuvem. Contudo, 88% dos entrevistados concordam que aplicativos inovadores têm um impacto direto no crescimento e 94% identificou o aumento de vendas e receita como uma prioridade nos próximos 12 meses, não é surpreendente ver um consenso do estudo sobre o valor dos aplicativos personalizados com base em nuvem. Quase 9 em 10 (89%) executivos reconheceram que aplicativos centrados no ser humano, aqueles que colocam as necessidades humanas como maior prioridade, são vitais para o crescimento ou defesa de uma posição de mercado existente.

“Para que organizações sejam bem-sucedidas, elas precisam ser capazes de se mover rapidamente para oferecer valor ao cliente e assim aumentar as vendas e receita. Os aplicativos móveis são apenas um exemplo de onde nativos digitais estão usando aplicativos personalizados para romper mercados já estabelecidos. Esses aplicativos apresentam um canal poderoso para aproximar negócios de seus consumidores, promovendo um serviço mais personalizado e facilitando suas jornadas. Esse é apenas o começo. Negócios de sucesso serão aqueles que não têm medo de experimentar, que realmente impulsionam a inovação empresarial e colocam novas ideais no mercado mais rapidamente e com mais frequência do que seus concorrentes, ” explica Wengert.

No entanto, um obstáculo que dificulta a capacidade de uma organização de aproveitar uma oportunidade e experimentar é a necessidade de liberar talentos para usar abordagens comprovadas de engenharia de produtos de software modernos. Cerca de metade (52%) dos entrevistados citou questões de pessoas e habilidades como o maior obstáculo ao adotar práticas modernas de engenharia de produtos de software internamente.

“Agile, DevOps e outras abordagens modernas terão impacto significativo na melhoraria dos tempos de reação e velocidade de lançamento no mercado, tornando a organização mais centrada em produtos e consumidores. Contudo, com a falta de habilidades internas, as empresas podem ficar ainda mais paralisadas, apesar de reconhecerem a necessidade de serem ‘Ready by Design’. Para acelerar a maturidade digital, empresas precisam adotar uma abordagem holística – mantendo aplicativos, nuvens e pessoas na vanguarda de sua estratégia de negócios; caso contrário, as perspectivas de maturidade de nuvem e aceleração da nuvem – e as próprias empresas – não melhorarão”, conclui Wengert.

Marcelo Serigo, Líder de Inovação para Growth Markets da Avanade, comenta:

“Para muitos de nossos clientes, maturidade de nuvem e ser ‘Ready by Design’ é um desafio, representando um claro e presente perigo para seu crescimento ou mesmo sua existência. Embora muitos negócios com os quais conversamos já estejam investindo em nuvem de alguma maneira, descobrimos que poucos realmente conseguiram capturar seu potencial. Aplicar conceitos incorretos, ou dar passos muito tímidos, sem a fundação correta impedem obter a vantagem que tantas empresas já conseguiram.”

Descubra o que fazer com seus aplicativos
Como um primeiro passo, líderes de TI e de negócios devem garantir que tenham um entendimento claro/preciso do cenário de nuvem existente e identificar onde ele já está agregando valor. Em seguida, eles devem realizar uma avaliação do portfólio de aplicativos para entender como seu investimento pode ser melhor alavancado.

Defina como aplicativos podem ajudar sua estratégia de crescimento
As organizações devem definir como aplicativos podem ajudá-las a chegar no mercado e como eles podem evoluir ao longo do tempo. Como parte do processo, eles devem incentivar seus funcionários a enviar ideias. Em vez de tentar ferver o oceano, eles deveriam começar criando ou modernizando um aplicativo verdadeiramente centrado no ser humano.

Busque o valor que você pode obter da nuvem
A maioria dos negócios já está usando a nuvem de alguma maneira, mas ao focar em otimizar sua presença na nuvem, eles podem aumentar significativamente o retorno em seus investimentos.

Faça parcerias com seu pessoal
Companhias devem avaliar quanto tempo e dinheiro seu time de TI gasta em tecnologia herdada versus inovação e avaliar como seu pessoal responderia a novas formas de trabalhar. Eles devem começar entendendo quais habilidades eles precisam para evoluir seu cenário de TI, avaliar e desenvolver uma estratégia para preenchê-la.

Sobre a pesquisa

A Avanade contratou a empresa de pesquisa Vanson Bourne para entrevistar 1650 tomadores de decisão seniores. Essa pesquisa foi concluída em dezembro de 2019. Entrevistados se localizavam entre Europa, América do Norte, América do Sul e Ásia-Pacífico. Eles incluem executivos em TI, finanças/ operações, vendas, marketing e RH. Companhias entrevistadas tem uma receita anual de US$500 milhões até mais de US$100 bilhões, e participam de indústrias incluindo comunicação, media e high-tech; serviços de financiamento; saúde e serviços públicos;

Sobre a Avanade

A Avanade é a consultoria líder em soluções inovadoras de digital e nuvem, soluções de negócios e experiências baseadas em design do ecossistema Microsoft. Nossos profissionais trazem um pensamento novo e ousado, combinado com tecnologia, negócios e experiência no setor para ajudar a causar um impacto humano em nossos clientes, seus clientes e seus funcionários. Somos o poder impulsionador do Accenture Microsoft Business Group, ajudando as empresas a encantar clientes, capacitar funcionários, otimizar operações e transformar produtos, alavancando a plataforma Microsoft. A Avanade tem 38 mil profissionais em 25 países, que trazem aos nossos clientes o melhor pensamento com uma cultura colaborativa que honra a diversidade e reflete as comunidades nas quais operamos. Maioria de propriedade da Accenture, a Avanade foi fundada em 2000 pela Accenture LLP e pela Microsoft Corporation. Saiba mais em www.avanade.com.

Atendimento à Imprensa

GOLIN

Heverton Bruno – hbruno@golin.com
t. +55 11 3531-4965

Avanade

Pedro Michepud Rizzo – pedro.michepud.rizzo@avanade.com

Próximos passos

Veja os mais recentes anúncios sobre as tendências, soluções, estudos de caso e muito mais.

Compartilhe esta página